A Importância do Brincar

 em Educação

           Brincar é uma necessidade básica das crianças. É brincando que elas não só aprendem, mas também estabelecem relações sociais e se desenvolvem física e emocionalmente.

            Quando uma criança brinca, passa a formular hipóteses, estabelecer relações de causa-efeito, fazer tentativas e erros e explorar os sentidos ao perceber diferentes cores, sons e texturas. Além disso, desenvolve sua imaginação e desperta sua curiosidade em relação ao ambiente que a cerca.

            Ao brincar com outra pessoa, seja criança ou adulto, aprende a interagir, a esperar sua vez para agir e a dialogar para expressar ideias e sentimentos.

            Fisicamente, quando uma criança brinca de amarelinha, desenvolve, entre outras coisas, a lateralidade. Ao escalar uma árvore, trabalha seus músculos e ossos. Ao jogar futebol, coordenação óculo-pedal. Ao jogar bolinha de gude, estimula a coordenação motora fina.

No âmbito emocional, desenvolve a autonomia, organiza emoções, trabalha com frustração (caso seja uma brincadeira na qual haja vencedor e perdedor), lida com ansiedade e aprende a necessidade da autoproteção, bem a como lidar com a dor quando se machuca. 

            Dada a importância do brincar na primeira infância, em nossa escola as crianças da Educação Infantil são estimuladas nessa prática, sozinhas ou com os colegas, diariamente. Seja no playground, nos momentos de entrada e saída ou com o seu toy trazido de casa (às sextas-feiras), nossos alunos têm a oportunidade de brincar mais livremente. Ao planejarem suas aulas, as professoras também oportunizam momentos de brincadeiras mais dirigidas, por meio da realização de jogos matemáticos, situações de faz-de-conta e jogos de movimentos, ora com materiais pedagógicos (brinquedos, fantasias, bola, bambolê), ora com materiais do dia-a-dia (copos, talheres, tecidos).

           Muitos dizem que o trabalho da criança é brincar. E eles estão certos. Portanto, família e escola devem oferecer diversas oportunidades para que as brincadeiras ocorram em diferentes momentos e locais, bem como com o uso de materiais designados para esse fim ou não. Aqui na Little Kids, brincar é coisa séria! E aí na sua casa?

           Por Luana Centa, Coordenadora Pedagógica na Escola Bilíngue Little Kids